arnold

 

Parte integrante do Arnold Classic South America (maior evento multiesportivo da América Latina), a Arnold Conference 2017 contará com 4 mil profissionais e terá pela primeira vez um módulo de nutrição vegana, no dia 22 de abril no Transamérica Expo.

Com expectativa de receber 80 mil pessoas em São Paulo nos dias 21 a 23 de abril, o Arnold Classic South America chega à sua 5ª edição com uma novidade: terá na programação do seu evento técnico científico (Arnold Conference) um módulo exclusivo de alimentação vegana. A Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) foi convidada para fazer a curadoria do módulo, que contará com as nutricionistas Alessandra Luglio e Paula Gandin e o médico nutrólogo Eric Slywitch e com a presença de atletas e fisiculturistas veganos.

Leia mais...

 

carta-ej foto: Kevin David
Assim como foi feito em 2014 por candidatos a deputado, governador e presidente, os candidatos da campanha eleitoral de 2016 (prefeito e vereador) podem declarar seu apoio à causa vegetariana por meio da assinatura da carta-compromisso "Promovendo o vegetarianismo como uma alimentação ética, saudável e sustentável".
 
Na campanha eleitoral de 2014, 28 candidatos aos diferentes cargos assinaram a carta,representando 8 estados e 15 partidos diferentes. Um deles foi o então presidenciável Eduardo Jorge. Dentre os demais signatários, quatro foram eleitos: Roberto Tripoli (Deputado Estadual PV/SP), Feliciano Filho (Deputado Estadual PEN/SP), Carlos Giannazi (Deputado Estadual PSOL/SP) e Daniel Coelho (Deputado Federal PSDB/PE).
 
Para declarar seu compromisso com a promoção do vegetarianismo no seu município, o candidato deve baixar, imprimir e assinar a carta-compromisso, enviando a via original para a Sede da SVB em São Paulo. A SVB divulgará os nomes dos candidatos signatários em todas as suas redes.
 
Veja os candidatos a prefeito e vereador que assinaram a Carta Compromisso até agora clicando AQUI.
 
Leia mais...
guia para começar
Você gostaria de tornar-se vegetariano, mas falta aquele "empurrãozinho" ou não sabe muito bem por onde começar? O "Guia Vegetariano Para Começar", lançado pelo Mercy For Animals Brasil com o apoio da SVB e outros parceiros, traz tudo o que você precisa saber (e sentir) para seguir em frente sem hesitar: receitas, histórias inspiradoras de pessoas (e de animais), dicas de nutrição, indicações de comidas veganas e práticas que estão disponíveis no mercado brasileiro e sugestões de cardápio.
 
"Outros países já tinham guias maravilhosos como esse, e nós da SVB estávamos em processo de desenvolvimento de um guia semelhante. Porém, o Mercy For Animals Brasil nos procurou com uma ideia ainda melhor: trazer o 'Vegetarian Starter Guide', já muito bem sucedido nos Estados Unidos, para a realidade brasileira", comentou Guilherme Carvalho, secretário executivo da SVB. "Então abortamos o projeto de fazer um guia próprio e passamos a ajudá-los a adaptar e lançar esta publicação - de longe, o melhor guia vegetariano que o Brasil já teve".
Leia mais...
capaa

 

O evento contou com a presença de cerca de 280 médicos e nutricionistas em busca de atualização no atendimento ao paciente vegetariano/vegano

 

Após o sucesso do 1º Curso de Nutrição Vegetariana "Como atender o paciente vegetariano/vegano”, realizado em São Paulo em setembro de 2016, o Rio de Janeiro recebeu o evento nos dias 30 e 31 de março. A capacitação ocorreu no Centro Empresarial FIRJAN, no centro da cidade, e contou com a presença de cerca de 280 médicos, nutricionistas e outros profissionais de saúde. O curso foi criado pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) e é realizado em parceria com a E4 Agência.

Leia mais...
 curso nutricao sp 2016
 

Durante dois dias de capacitação, o evento teve lotação máxima com 25% de profissionais vindos de fora de São Paulo

A Sociedade Vegetariana Brasileira realizou um Curso de Nutrição Vegetariana intitulado "Como atender o paciente vegetariano ou vegano" nos dias 10 e 11 de setembro, no Auditório Ulysses Guimarães da faculdade FMU, em São Paulo, em parceria com a E4 Agência. O evento teve lotação máxima, reunindo mais de 250 médicos, nutricionistas e nutrólogos em dois dias de capacitação com grandes prossionais da área.

Capacitar o profissional sobre os questionamentos frequentes, como atender um paciente vegetariano e/ou vegano, além de micronutrientes e proteínas na alimentação vegetariana, foram alguns dos temas abordados no evento que teve 25% de profissionais vindos de fora de São Paulo.

Leia mais...
post convidadoveg svb mai e4 01

A nutricionista vegetariana Alessandra Luglio já demonstrava sua revolta com a crueldade animal desde os três anos de idade. Passou a vida oscilando entre períodos vegetarianos ativistas e outros comendo carnes brancas.

Quando completou 40 anos, repensou seus hábitos e resolveu se assumir vegetariana.

Veja a entrevista exclusiva para a SVB:

Leia mais...

 

nota

 

  A Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) recebeu sem surpresa a notícia      sobre a operação “Carne Fraca”, da Polícia Federal - que desmascarou      um esquema de corrupção e falsificação sanitária articulado pelas                empresas JBS e Brasil Foods, que respondem por marcas como Sadia,        Perdigão, Friboi, Swift e Seara.

 

Leia mais...
333
 
 

 

A Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) participou do 7º Gluten Free Brasil, que ocorreu em São Paulo em julho. O encontro reuniu mais de 3 mil nutricionistas, profissionais da área da saúde, empresas do setor da alimentação saudável, lojistas e atacadistas.

 

 

Leia mais...
olimpiadas

Opções de pratos sem carne e produtos de origem animal serão oferecidas para atletas e delegações

Uma boa notícia para os atletas veganos que estarão no Brasil para os Jogos Olímpicos 2016, que acontecem no Rio de Janeiro de 5 a 21 de agosto: refeições vegetarianas estritas (sem nenhum produto de origem animal) farão parte do cardápio gratuito que será oferecido para atletas, delegações e imprensa ao longo do evento, conforme garantiu o Comitê Olímpico em reunião realizada com a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) e outras ONGs que participaram da iniciativa Rio Alimentação Sustentável, que tem como objetivo apoiar o Comitê na viabilização de  refeições saudáveis e sustentáveis no evento. 

Leia mais...

 

As 10 maiores realizações da SVB - Sociedade Vegetariana Brasileira em 2016
 

1 | Segunda Sem Carne avança: Escolas estaduais de SP e duas novas unidades na rede Bom Prato

Segunda Sem Carne já foi adotada por 210 escolas estaduais e será gradativamente expandida até as 3 mil escolas da rede (1,8 milhão de alunos). Já na rede de restaurantes populares Bom Prato, já são 5.400 refeições sem carne todas as segundas - evitando mais de 20 toneladas de carne por ano.

 

2 | Eleitos 16 vereadores e um prefeito comprometidos com a causa vegetariana

Candidatos assinaram carta com quatro compromissos que, se cumpridos, incentivarão a alimentação vegetariana, combaterão o tratamento privilegiado dado às atividades pecuárias e contribuirão com a proibição do "foie gras" e outras iguarias da crueldade. A população deve cobrar.

 

3 | Mais de 250 nutricionistas e médicos capacitados na 1ª edição do Curso da SVB "Como atender o paciente vegetariano ou vegano"

Nutricionistas e nutrólogos vindos de 60 cidades vieram a São Paulo para se capacitar a atender melhor pacientes vegs, assistindo aulas sobre micronutrientes e proteínas, nutrição esportiva, interpretação de exames laboratoriais, suplementação e atendimento a crianças e gestantes. Haverá outros cursos em 2017.

 

4 | Eventos transformadores: 1º Congresso Vegetariano do Centro-Oeste, Vegfest Sulbrasileiro, Mostra Animal e muito mais

Invadindo o berço do agronegócio e da pecuária brasileira, SVB realizou em parceria com Mercy for Animals o 1º congresso vegetariano em Cuiabá/MT, para mais de 100 participantes. Outras cidades receberam eventos importantes como o 1º Vegfest Sulbrasileiro e a Mostra Animal.

 

5 - Campanha Opção Vegana lançada: Homeletes, AChapa Burger, Castro Burger, Subway

Nova campanha da SVB visa introduzir boas opções de refeição/lanche vegano em redes de lanchonetes e restaurantes, facilitando a vida de quem opta por essa alimentação. Petição ao Subway ultrapassou 45 mil assinaturas. Enquanto isso, pequenas redes como Homeletes, AChapa e Castro Burguer já aderiram e lançaram ótimas opções veganas no menu.

 

6 | Selo Vegano atinge 239 produtos certificados de 24 marcas

Programa de certificação da SVB ganha espaços nas gôndolas e já inclui produtos que podem ser encontrados em todos os principais supermercados brasileiros. Processo de certificação é rigoroso, mas acessível a empresas de qualquer porte.

 

7 | "Momento Veg": o primeiro boletim diário vegetariano no rádio

Com conteúdo da Sociedade Vegetariana Brasileira e narração por Ricardo Laurino (presidente da SVB), a Transamerica Light Curitiba leva informação e dicas sobre vegetarianismo para milhares de pessoas em dois horários de segunda a sexta.

 

8 | Primeira pós-graduação em vegetarianismo do Brasil

Em setembro, a SVB lançou em parceria com a Faculdade Santa Helena a primeira turma de pós-graduação em vegetarianismo do Brasil. A pós-graduação, que inclui dois currículos diferentes, tem o objetivo de levar informações atualizadas sobre aspectos nutricionais, de saúde e transdisciplinares da alimentação vegetariana estrita.

 

9 | Engajamento de ativistas: Voluntários se organizam em mais de 20 núcleos e grupos em 11 estados do país

Não somente presenciamos um crescimento dos adeptos da alimentação vegetariana; Também articulamos muitos interessados em participar ativamente do movimento. Em 2016 o número de grupos e núcleos da SVB mais do que dobrou - e agora estão em 11 estados.

 

10 | Jogos Olímpicos 2016 incluíram refeições veganas para atletas e delegações

Refeições veganas fizeram parte dos cardápios que foram oferecidos para atletas, delegações e imprensa ao longo dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. A decisão foi precedida de solicitação da SVB ao Comitê Olímpico por meio da iniciativa Rio Alimentação Sustentável.

Filie-se e ajude-nos a fazer mais em 2017: www.svb.org/filiacao

 

 
  subway vegano
 

 

O grupo Recife da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), em parceria com a Faculdade Santa Helena (FSH), acaba de lançar o primeiro curso de pós-graduação em nutrição vegetariana do Brasil. Os cursos iniciam em Setembro (24 e 25), tem duração total de 22 meses (Nutrição) e 18 meses (Alimentação) e serão reconhecidos pelo Ministério da Educação. As matrículas podem ser feitas retroativamente até 14 de novembro de 2016, com compensação dos dois módulos perdidos em setembro e outubro.

 

A pós-graduação em nutrição vegetariana tem o objetivo de levar informações atualizadas sobre aspectos nutricionais e de saúde da alimentação vegetariana estrita, ou seja, sem consumo de nenhum alimento de origem animal.Esta pós-graduação, especificamente, será destinada exclusivamente a profissionais graduados em Nutrição; Para qualquer outra graduação, será ofertada a pós em Alimentação Vegetariana, que vai ter uma matriz curricular muito parecida, abordando os aspectos nutricionais relevantes e outras questões multi e interdisciplinares.

Leia mais...
peles 3

Quase um ano após SVB e parceiros conseguirem assegurar a aprovação da Lei Municipal Nº 16.222 / 2015, que proibiu o comércio de foie gras e de peles de animais na cidade de São Paulo, a prefeitura publicou no final de março deste ano um Decreto regulamentando especificamente a proibição do comércio de peles e atribuindo à Secretaria de Verde e Meio Ambiente (SVMA) a responsabilidade de fiscalizar. Algumas semanas depois, contudo, a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (ABICALÇADOS) entrou com um pedido de liminar junto ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP), que acabou sendo atendido pelo Desembargador Sergio Rui em decisão do dia 26 de abril.

O Desembargador Sergio Rui é o mesmo que, em fevereiro deste ano, garantiu a decisão definitiva do TJ/SP suspendendo os efeitos dessa mesma lei municipal, mas especificamente no tangente à proibição do comércio do foie gras, a pedido da Associação Nacional de Restaurantes (ANR) - processo no qual a SVB ingressou como amicus curiae (parte interessada). Com a nova decisão suspendendo também os efeitos a respeito do comércio de peles, o Desembargador e o Tribunal de Justiça do estado completam a destruição de uma das leis mais promissoras da história do Brasil para os direitos dos animais.

A Lei do foie gras e das peles havia sido sancionada em 2015 pelo prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, que se demonstrou sensível à proposta após receber de ativistas um abaixo-assinado com cerca de 100 mil assinaturas.

Leia mais...
qwqw

Pratos sem nenhum ingrediente de origem animal podem compor uma bela mesa de confraternização, ceia de Natal ou noite de Ano Novo. Veja dez receitas veganas deliciosas e fáceis.

Fim de ano é época de celebrar o amor e a compaixão. Para quem quer passar as festas sem comer animais ou seus derivados - ou simplesmente quer preparar uma boa opção para aqueles primos que são vegetarianos ou veganos -, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), em parceria com o blog Presunto Vegetariano, separou algumas receitas deliciosas e super fáceis de preparar.

Iniciativa: Sociedade Vegetariana Brasileira / Receitas e fotos: Presunto Vegetariano

Leia mais...
LAura 1
 
 

 

A SVB entrevistou a Laura da página Laurinha na Cozinha, que dá dicas de alimentação saudável com pratos fáceis que dão água na boca. Vamos conhecer mais um pouquinho da Laura  e de como foi o caminho dela até o veganismo!

 

Leia mais...
mostra2016

Cineastas e produtores ligados à causa animal já podem inscrever os seus trabalhos para a VI Mostra Internacional de Cinema Pelos Animais, um dos maiores eventos de cinema com a temática animal do mundo, promovido pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), que acontece em Curitiba no mês de maio.

Podem ser inscritos filmes de curta, média e longa-metragem, produzidos por profissionais da área ou não, que se relacionem com o tema da mostra – as produções exibidas serão escolhidas por uma curadoria nomeada pela organização do evento. O mesmo cineasta pode participar com mais de um filme, desde que use fichas de inscrições diferentes.

Leia mais...

 

Cerca de 5 milhões de brasileiros são veganos, segundo estimativas da Sociedade Vegetariana Brasileira baseada em dados do IBOPE. Ainda assim, nós, veganos, encontramos dificuldades de comer fora de casa, diz petição.

Vegetarianos e veganos do Brasil podem em breve ter uma nova opção de sanduíche que atende àsua escolha em mais de 2 mil lojas pelo Brasil.

assinar

Leia mais...
 Baby looking at veg

   O parecer da Sociedade Vegetariana Brasileira sobre a matéria publicada pela imprensa italiana que menciona a dieta vegana como suposta causa de desnutrição infantil que acabou por repercutir internacionalmente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leia mais...
peaceable

Considerado por muitos um dos melhores documentários da causa animal e vegetariana, Peaceable Kingdom ­ O Despertar (2009) passou recentemente a ser distribuído gratuitamente no Brasil pela SVB. O filme (originalmente chamado Peaceable Kingdom ­ The Journey Home), que agora oferece ao público brasileiro informações e sensibilização a respeito da personalidade fascinante dos animais, conta a história de um santuário de animais resgatados do abate e de ex­pecuaristas que se tornaram ativistas veganos.

"Administrar a fazenda pagava bem, era desafiador, e era a tradição da minha família. Mas a minha consciência me disse que eu precisava me posicionar contra essa mesma indústria. Existem coisas demais que a indústria da carne esconde do público", diz, em uma das cenas, o ex­pecuarista Howard Lyman, que chegou a ser presidente da International Vegetarian Union (IVU) posteriormente.

Leia mais...
SSCESC

Depois das escolas municipais da capital e dos restaurantes populares, a campanha chega às escolas estaduais de São Paulo, contemplando cerca de 155 mil alunos nessa primeira fase do programa.

A partir de novembro, a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo inicia a implementação da Segunda Sem Carne nas suas quase três mil escolas distribuídas na Grande São Paulo, litoral e interior. A mudança faz parte do de reformulação dos cardápios das escolas estaduais em direção a uma alimentação mais saudável.

Leia mais...
 tripoli floriano guilherme
 

A partir do dia 11 de julho, o restaurante Bom Prato de São Miguel Paulista (bairro da Zona Leste de São Paulo) passou a participar oficialmente da campanha mundial Segunda sem Carne, que incentiva a população a substituir uma vez por semana a carne animal por proteína vegetal. O objetivo da campanha é diminuir os impactos ambientais e orientar sobre a alimentação saudável.

 

A unidade São Miguel, localizada na Zona Leste de São Paulo, é a segunda das 51 unidades do Programa Bom Prato a aderir ao projeto que já conta com a aprovação dos frequentadores. 

O cardápio vegetariano completo, com custo de R$ 1,00, teve no seu lançamento arroz, feijão, pãozinho, salada de almeirão, escondidinho de soja, berinjela refogada, suco de guaraná e, de sobremesa, laranja. O secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro (responsável pela implementação do projeto), e o Deputado Estadual Roberto Tripoli (idealizador da iniciativa) participaram do almoço de lançamento.

Leia mais...

Após acidente trágico no final de agosto que vitimou dezenas de porcas reprodutoras, as 64 sobreviventes foram resgatadas e acolhidas no Santuário Terra dos Bichos, nos arredores de São Paulo. Com a cooperação da SVB e de outros grupos e ativistas, as "Marias" ­ e os filhotes daquelas que estavam grávidas ­ hoje vivem em paz e são como embaixadores dos milhões de animais que condenamos diariamente a uma vida de miséria e sofrimento.

O "Acidente"

A tragédia ocorreu em frente a um pedágio do Rodoanel de São Paulo, no dia 25 de agosto. Uma carreta que vinha com 110 porcas de uma fazenda de Uberlândia (MG), levando­as para um matadouro chamado "Rajá" situado em Carapicuíba (SP), tombou apenas 5 quilômetros antes de chegar no seu destino. Ao se aproximar de um dos guichês de pedágio, o motorista teria decidido mudar de faixa (para acessar outro guichê) e virou o volante abruptamente, tombando a carreta com 110 animais ­ já estressados, cansados e feridos de uma viagem de 600 quilômetros.

Leia mais...
fefeu

Felipe Garcia, atleta fisiculturista, estava decidido desde o começo a seguir sua filosofia de vida, o veganismo, independente das adversidades. Sua principal motivação é a causa animal e o amor pelos animais. Chegou à conclusão: “Se eu amo uns, por que como outros?”, assim, luta todos os dias por um mundo melhor.

Foi o primeiro atleta fisiculturista vegano a conquistar um campeonato no Brasil e provou que um atleta pode seguir uma filosofia de vida saudável. Com as suas conquistas, mostrou que é possível ter músculos e definição alimentando-se com as proteínas vegetais, sempre com orientação profissional. O atleta leva a bandeira do veganismo a todos os campeonatos dos quais participa, confira sua história e trajetória na entrevista exclusiva para a SVB!

Leia mais...
vegfest sul
 
 

O VEGFEST BRASIL é conhecido como o maior evento vegetariano da América Latina. Em 2013, foram recebidas mais de 1.500 pessoas de mais de 120 cidades, para desfrutar de cerca de 90 horas de programação sobre vegetarianismo. Já na última edição, realizada em 2015, Recife PE, foram reunidas mais de 900 pessoas, vindas inclusive de outras cidades e países (como Argentina, Estados Unidos, Áustria, Suíça, Jamaica, Ucrânia e Grécia.

 

Em uma versão reduzida, o VegFest Sulbrasileiro inaugura uma nova era de eventos organizados pela SVB e apoiados pelos seus diversos parceiros, buscando levar a mais cidades espalhadas pelo Brasil, informações e interações da mais diversas, tão importantes para um número cada vez maior de pessoas interessadas em uma nova forma de enxergar a alimentação e sua relação com os diversos aspectos intrinsecamente envolvidos, sejam éticos, ambientais, de saúde, sociais, etc..

 

Leia mais...


O Departamento de Meio Ambiente da Sociedade Vegetariana Brasileira analisou o estudo recentemente publicado na revista “Environmental Systems and Decisions” (Energy use, blue water footprint, and greenhouse gas emissions for current food consumption patterns and dietary recommendations in the US), divulgado pela Revista Super Interessante, e declara que::

1) Nenhuma das dietas analisadas no referido estudo é vegetariana. Todas as dietas incluem carnes, ovos, laticínios, peixes, dentre outros produtos de origem animal;

2) Três dietas alternativas foram analisadas, uma representando uma redução calórica em relação à dieta típica norte-americana atual, e as outras duas envolvendo substituição de alimentos por grupos alimentares considerados mais saudáveis (referidas como “dietas alternativas” nesta nota). As dietas alternativas incluíram proporção maior de frutas, sementes e vegetais. Porém, estas dietas incluíram um aumento maior ainda do consumo de alimentos de origem animal (peixes, frutos-do-mar e laticínios): o aumento foi de cerca de 300 calorias em frutas+vegetais, porém de 350 calorias a mais de laticínios + peixes/frutos do mar;

Leia mais...
urna

Além do candidato carioca Marcelo Freixo - que comprometeu-se com a causa e foi para o 2º turno - o candidato Izaias Santana assinou a carta da SVB e foi eleito prefeito de Jacareí/SP.

Antes do início da campanha eleitoral para as eleições municipais de 2016, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) lançou nacionalmente a carta-compromisso "Promovendo o vegetarianismo como uma alimentação ética, saudável e sustentável". 

Ao término das eleições, a SVB tem a felicidade de anunciar que 16 candidatos signatários da carta foram eleitos vereadores de diferentes cidades, um candidato foi eleito prefeito (Jacareí/SP) e um candidato a prefeito foi para o 2º turno (Rio de Janeiro/RJ). 

Leia mais...
  fernandinha
 

A Fernandinha, vegana há três anos, sempre, foi ligada aos esportes e não sentiu diferenças nos seus treinos e no rendimento esportivo após mudar seus hábitos alimentares.

Ela se tornou vegana principalmente por não concordar com o sofrimento causado nos animais para a produção de alimentos para o consumo de carnes, leites e seus derivados, além de não querer mais compactuar com a indústria da moda, produtos de beleza, limpeza, couro e lã. 

Leia mais...

A Secretaria do Desenvolvimento Social lançou no dia 14 de dezembro a campanha “Segunda Sem Carne” dentro do programa de restaurantes populares Bom Prato, do governo do estado de São Paulo – a primeira unidade beneficiada é a de Santo Amaro, que atende 2,5 mil pessoas por dia, e a partir de agora substituirá a carne por proteína vegetal toda segunda-feira. As outras 48 unidades do "Bom Prato" iniciarão a nova rotina gradativamente ao longo de 2016.

A intenção é que, até o ano que vem, todas as 49 unidades - que servem almoço ao preço de R$1,00 - adotem a campanha.

O projeto, quando totalmente implementado, beneficiará mais de 80 mil pessoas a cada segunda-feira com uma alimentação saborosa e rica em proteínas e outros nutrientes, mas sem a presença da carne.

Leia mais...
  site entre

O Rodrigo Lima, vocalista da banda Dead Fish, tem uma longa trajetória no vegetarianismo até o caminho ao veganismo. Desde adolescente, sempre, pesquisou e atualizou-se sobre o movimento e todo esse conhecimento o fez ter a certeza da escolha do seu estilo de vida.

 

O cantor concilia sua rotina corrida de shows com uma alimentação saudável e contou para a gente suas histórias de transições na sua vida e carreira, suas principais causas, como seus amigos e familiares lidaram com seu estilo de vida e muito mais. Conheça um pouco mais sobre o Rodrigo Lima na entrevista exclusiva para a SVB! 


 

Leia mais...
mostra 2016
 
 

Filmes de 10 diferentes países , entre eles o documentário “Cowspiracy” (EUA),que trata sobre os impactos ambientais na criação de animais ditos de “consumo”, e mostra a omissão das grandes ONG´s ambientais sobre o assunto, estarão na programação da VI Mostra Animal, que acontece nos dias 21 e 22 de maio em Curitiba, promovida pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). As exibições serão no Portão Cultural, com entrada gratuita.

“Inside Fur”, documentário escandinavo sobre o comércio de peles deanimais, é outro destaque: para produzir o filme, o diretor Ola Waagen se passou por um aspirante a produtor de peles deanimais, e gravou todas as imagens em uma câmera escondida. Está na grade, ainda, o filme alemão “Live and Let Live”, que examina nossa relação com osanimaise traz a história de pessoas que viraram veganas, além de  “Life According to Ohaf” (Israel), “Speciesism” (EUA), “At the Edge of the World” (EUA), entre outros.

Leia mais...

Em Belo Horizonte, o principal evento de cinema e ética animal aconteceu entre os dias 6 e 12 de agosto - recebendo destaque na grande mídia (veja matéria no G1). Já no Rio de Janeiro, ocupando a cinemateca do icônico Museu de Arte Moderna (MAM-RJ), no Aterro do Flamengo, o evento aconteceu de 20 a 22 de novembro (veja matéria na Band). Ambas as edições foram destaque na programação cultural das duas cidades, lotando as salas com exibição de filmes premiados, bate papos e feira vegana.

A entrada de todas as edições da Mostra Animal é gratuita, incluindo a edição nacional que acontece a cada ano em Curitiba. A próxima edição nacional será no Museu Oscar Niemeyer (Museu do Olho), cartão postal da capital paranaense, em maio de 2016.

A programação contou com mais de 20 produções nacionais e internacionais, que questionaram temas como abandono de animais, criação para consumo, uso de animais para testes e pesquisas, animais mantidos em cativeiro, entre outros.

Entre os destaques, foi exibido o filme Peaceable Kingdom: A Jornada, que conta histórias de fazendeiros que cresceram em meios de criação de animais para consumo, mas passaram a questionar esse modo de vida. O longa-metragem venceu prêmios como melhor filme escolhido pelo público no Festival Internacional de Berkshire, e grande prêmio do júri no Festival Internacional do Canadá.

Leia mais...

Receba as novidades!

 
 
Scroll to top