Vegfest 2017

vegfest

O maior evento vegetariano da América Latina está chegando. Faça sua inscrição!

Acesse

Segunda sem Carne

Para quem não é vegetariano e quer dar o 1º passo. Empresas e prefeituras estão aderindo.

Experimente  

Selo Vegano

Um programa de certificação que fomenta e valoriza o mercado de produtos veganos.

Conheça 

Junte-se a nós

Sem você, a SVB não existe. Junte-se a nós para que possamos fazer cada vez mais.

Envolva-se  

Loja Virtual

livreto leites queijos veganos 228x228

Camisetas, babylooks, bottons, livros, DVDs e outros produtos para você usar por aí.

Compre agora  

A SVB abriu as apresentações, das 10:00 ao meio-dia do dia 8 de dezembro, com a sala lotada. O tema foi a Destruição da Floresta Amazônica e Mudanças Climáticas. 80% das Floresta Amazônica é destruída pela pecuária e a produção de soja (para ração). Cerca de um milhão de hectares são queimados todos os anos e as emissões resultantes são mais elevadas do que todas as emissões das grandes cidades e transportes somados. Para reduzir as emissões de gases de efeito estufa é preciso tratar do problema do consumo de carne e outros produtos de origem animal. A palestra ganhou destaque no jornalzinho diário do Klimaforum e foi gravada por uma TV internacional. Também houve boa cobertura de mídia (várias entrevistas logo após a apresentação, de rádios, TVs, jornais e revistas).

Leia mais...

Marina-SilvaTexto de: Marly Winckler, presidente da Sociedade Vegetariana Brasileira

Logo após sua apresentação no painel Copenhague e além: um acordo significativo sobre mudança climática – a perspectiva Verde Global, no Klimaforum09, em Copenhague, perguntei à senadora Marina Silva qual é a sua posição com relação ao consumo de carne diante do fato de que 80% da destruição da floresta amazônica1 se devem à pecuária e o plantio de soja, para ração para animais, e ser este o fator responsável por ¾ das emissões brasileiras?

Leia mais...

klimaforum09O “Fórum do Povo”, como foi chamado o Klimaforum09, aconteceu paralelamente ao COP15, no DGI-Byen, um enorme complexo de conferências no centro de Copenhague, a 50 metros da estação central de trem, de 7 a 18 de dezembro, reunindo ativistas e representantes de organizações de todo o mundo. O evento funcionou como uma contraparte da sociedade civil à conferência oficial da ONU. Durante o evento elaborou-se uma declaração para os políticos, bem como se discutiu os fundamentos para a sustentabilidade futura. A participação foi gratuita, com uma programação que incluiu 190 palestras e 50 exposições, entremeadas de muita música, teatro e manifestações variadas. O evento atraiu cerca de dez mil visitantes por dia, vindos de mais de 100 países.

 

Leia mais...

tn_DSC08695Marly Winckler

Ainda que sobrem informações e provas de que o atual sistema de produção e consumo é predatório, excludente, antiético, insustentável e nocivo para as pessoas, o meio ambiente e os animais, sendo central nessa equação a criação de animais para consumo, poucos, muito poucos estão realmente preocupados em tomar as medidas que se fazem necessárias para mudar o curso das forças em movimento. O COP15 trata-se realmente de um encontro das partes que não estão preocupadas nem um pouco com o todo. 

Leia mais...
segunda-sem-carne-logo.jpg

No dia 03 de outubro, será lançada no Parque Ibirapuera, em São Paulo, a campanha Segunda sem Carne.

Iniciativa da Sociedade Vegetariana Brasileira em parceria com a Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo, a campanha conta já com o apoio do Slow Food São Paulo, do Instituto Nina Rosa, da Revista dos Vegetarianos, do Greenpeace, entre outros.

A cidade de São Lourenço da Serra aderiu à Campanha.

Fique de olho! Apoie essa ideia.

Pelas Pessoas. Pelos Animais. Pelo Planeta.

Aguarde hot site em www.svb.org.br/segundasemcarne

Acompanhe também: http://diasemcarne.wordpress.com/

 

 Posicionamento do Departamento de Medicina e Nutrição da Sociedade Vegetariana Brasileira frente a artigos publicados na mídia

 

A Folha On Line publicou em 11 de maio de 2009, uma reportagem de Chico Felitti institulada "Vegetarianismo na Balança" (reproduzido no site da SVB em clique aqui), que trata do vegetarianismo no contexto dos distúrbios alimentares e divulga várias inverdades, levando, lamentavelmente, à desinformação.

Os aspectos referentes aos nutrientes na dieta vegetariana já foram abordados em outros textos (clique aqui ) e por isso não faremos menção a eles neste documento.

Eis o parecer do Departamento de Medicina e Nutrição da Sociedade Vegetariana Brasileira.

 

Leia mais...

Receba as novidades!

 
 
Scroll to top